Covid-19: acolhimento descentralizado em Mesquita

Após registro de queda de mais de 78% na procura, Polo de Atendimento Exclusivo à Covid-19 encerra as atividades

Após 405 dias de funcionamento, decidimos descentralizar o atendimento que era feito no Polo de Atendimento Exclusivo à Covid-19. A unidade funcionava na Vila Olímpica de Mesquita, no Cosmorama, e foi criada, principalmente, para realizar a triagem e diagnóstico da doença. No entanto, a partir de agora, todas as unidades de atenção básica do município são referência para o acolhimento dos que estiverem com algum sintoma de coronavírus.

Foram recebidos 75 mil pacientes na unidade. Além disso, quatro delas têm oferta de teste SWAB aos munícipes. A princípio esses exames são realizados por agendamento, caso os profissionais responsáveis pelo atendimento verifiquem a necessidade. Para atender melhor os mesquitenses, portanto, as unidades escolhidas para essa tarefa são em lugares espalhados na cidade. São elas a Clínica da Família Jacutinga, a Clínica da Família Juscelino, a Clínica da Família França Leite, na Chatuba, e o CMS Paraná, no Centro.

Leia também: Medalhista, Thayná Silva visita Jorge Miranda

Após 405 dias de funcionamento, decidimos descentralizar o atendimento que era feito no Polo de Atendimento Exclusivo à Covid-19.

Redução de 78% do atendimento

Um dos principais motivos pelos quais optamos pelo encerramento das atividades foi a queda na procura pelo espaço. Principalmente, porque o Polo de Atendimento Exclusivo à Covid-19 chegou a perder 78% do público de dezembro a junho deste ano. Bem como nos últimos dois meses, os casos confirmados da doença caíram de 156 pacientes para 40.

Em 405 dias de funcionamento, nossos profissionais de saúde realizaram cerca de 75 mil atendimentos. Nesse meio tempo, 25 mil desses para pacientes de outros municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro. Tudo para desafogar as emergências e hospitais em um momento tão crítico da saúde do Estado. Por isso, foram feitos exames de imagem, testes rápidos e SWABS. Distribuímos medicamentos, para minimizar os danos causados por uma doença que, até então, não tinha uma solução.

Vacinação contra a covid-19

Agora, com a vacinação avançando em Mesquita, podemos encarar o futuro de maneira mais otimista. Nossa cidade segue sendo uma das líderes no ranking de imunização da região metropolitana, ao passo que convocamos os seguintes grupos:

  • Pessoas a partir de 42 anos;
  • Profissionais e estagiários da área da saúde a partir de 18 anos de idade;
  • Pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente a partir de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas a partir de 18 anos;
  • Profissionais de forças de segurança e salvamento;
  • Caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, metroviário, ferroviário, transportes aéreos e aquaviários;
  • Lactantes que deram à luz nos últimos dois anos;
  • Trabalhadores portuários e industriais;
  • Profissionais da Educação a partir de 18 anos;
  • Trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, todos a partir de 18 anos.

Fique atento as minhas redes sociais

Então, clique aqui para seguir o Instagram; e acompanhe a página do Facebook aqui

Além disso, você pode conhecer as redes do nosso vice-prefeito Ricardo Lucena.